É de tie break! Com virada espetacular, Brasil vence Argentina no vôlei masculino

Clima de final! A segunda vitória da Seleção Brasileira de vôlei masculino nos Jogos de Tóquio 2020 veio com superação e uma virada espetacular, na manhã desta segunda-feira (26/7). Após dois sets perdidos com média de seis pontos de diferença, o Brasil reagiu, correu atrás do prejuízo e conquistou a partida no tie break, o famoso quinto set decisivo do esporte. O último ‘round’ do duelo sul-americano terminou em 16 contra 14, para o Brasil.

A Arena Ariake ficou pequena para tanta emoção nas mais de duas horas de disputa. A Seleção Argentina entrou em quadra com agilidade, ritmo e agressividade; o que gerou a vitória dos hermanos nos dois primeiros sets.

Além do bom desempenho argentino, o time brasileiro apresentou, nos primeiros sets, falta de concentração e grande dificuldade em finalizar jogadas. Para ter a chance da vitória, o Brasil teve que superar a instabilidade emocional, dobrar a concentração e jogar sem medo.

Foi o que ocorreu. O time do técnico Renan Dal Zotto permaneceu unido e reagiu. Até mesmo Leal, que iniciou o jogo com grande dificuldade e chegou a ser substituído por Douglas Souza, que apresentou bela atuação enquanto permaneceu no time, voltou para as quadras e se tornou o maior pontuador do jogo: foram 18 pontos na partida.

O time que chegou ao tie break se mostrou bem diferente. Disputado ponto a ponto, o time brasileiro foi o grande vitorioso da partida.

Três é o número da sorte do Brasil? Virada começou no terceiro set

O terceiro set foi o momento decisivo para o Brasil na partida contra a Argentina. Os seis jogadores entram na quadra tensos, nos rostos, semblantes sérios. Renan apostou em Leal no início do set, que resolveu atacar após o segundo set no banco.

Mauricio Souza também entrou e reforçou o bloqueio, junto com Wallace e Leal. A tensão foi tanta na Arena Ariake que o sistema de placar japonês sofreu uma pane e ficou fora do ar por três minutos. Na volta, os pontos mostraram a melhora do Brasil: 5 pontos a 2. Este foi o início da virada do time brasileiro.

Com mais ataque e vigor, o Brasil ficou, pela primeira vez, sete pontos à frente do adversário. O resultado foi a vitória do set, com 25 pontos contra 16.

A partir daí, o jogo ficou ainda mais disputado. Após grande reviravolta, o Brasil conquistou o quarto set e foi para o tie break. Lucão afirmou: “O time demorou um pouquinho para engrenar. Eles fizeram dois primeiros sets impecáveis. Conseguimos fazer um milagre”, disse ao Sportv.

You may also like...